Legislativas 2019: As ideias do Chega! para Viseu

2 semanas ago
83 Views

O que defendemos:

  • Introdução de legislação, sobre a castração química como forma de punição de agressores sexuais de menores;
  • Obrigatoriedade de penas de prisão efetiva para quaisquer crimes de violação;
  • Prisão perpétua para os crimes mais graves, nomeadamente terrorismo ou homicídios com características específicas;
  • Abolição total do IMI, um imposto injusto e injustificável;
  • Redução do número de deputados na Assembleia da República;
  • Desenvolvimento de um plano estratégico com o objetivo de de alcançar a auto-suficiência energética portuguesa, com base em energia barata, sustentável, eficiente e limpa;
  • Revisão e renegociação de todas as PPP’s lesivas para o erário público;
  • Combater as desigualdades de oportunidades que separam os cidadãos das áreas rurais e urbanas.

Viseu, por um Distrito mais competitivo:

  • A Capital da Beira foi um dos 2 únicos distritos que perderam população a ponto de perder um deputado;
  • Viseu tem um Hospital prometido como central mas que está a rebentar pelas costuras por falta de médicos e do apoio dos hospitais da região. A saúde e o socorro no distrito estão comprometidos;
  • As escolas fecham cada vez mais e ano após ano!
  • O despovoamento é galopante e voltou a registar-se a emigração em massa!
  • Cada vez mais as famílias deslocalizam-se para as grandes cidades e para o estrangeiro. E o futuro perspectiva-se sem crianças!
  • Mas o interior ainda tem 3 milhões de votos!
  • Use o seu!

Ficar em casa é votar na geringonça. Na continuação da morte anunciada do nosso Distrito.

Votar contra a corrupção e tachos familiares é votar Chega!

Somos os únicos que denunciamos a corrupção generalizada. Ajude a acabar com ela.

Eleja deputados anti-corrupção!

 

Eleições Legislativas 2019 – Partido Chega!

João Tilly, professor de 59 anos, é o cabeça de lista pelo partido Chega!, ao círculo eleitoral de Viseu. Aos microfones do ViseuNow, o candidato afirma ter aceitado o convite do líder do partido, André Ventura, "por se rever em 99,9%" das suas ideias, e que o Chega! vem preencher um vazio no espectro político português ao dizer "a verdade" e ao denunciar "aquilo que os portugueses falam nas mesas de café, mas que são ignoradas pelos partidos com assento parlamentar". No seu entender, o Chega! é "politicamente incorreto, mas politicamente verdadeiro". No entender deste partido, o principal problema do país é "a corrupção, transversal a todos os sectores da sociedade", e que esta deve ser combatida. O desvio de fundos públicos tem impedido, no entender de João Tilly, que estes sejam canalizados para áreas essenciais, "como a saúde, ensino e justiça". Quanto ao interior do país, o cabeça de lista do Chega! por Viseu, acredita que é essencial combater a desertificação, o envelhecimento da população e as baixas taxas de natalidade no interior do país. Aponta para uma estratégia de repovoamento "com portugueses e não com populações do Magreb e do Médio Oriente".O candidato acusa ainda os atuais políticos portugueses de não utilizarem o SNS e as Escolas Privadas, o que provoca um desconhecimento do real estado em que estes se encontram.

Publicado por Portal ViseuNow em Quinta-feira, 3 de outubro de 2019

 

O texto apresentado é da total responsabilidade do partido.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *