Legislativas 2019: As ideias da CDU para Viseu

2 semanas ago
73 Views

A lista da CDU, no Distrito de Viseu, integra mulheres e homens dedicados à defesa dos interesses do mundo do trabalho, da cultura, da educação, dos serviços públicos de qualidade.
Candidatos com experiência nas mais diversas áreas sociais e profissionais e provas dadas na luta contra o código do trabalho, comprometidos na defesa dos direitos de quem trabalha, na luta por melhores salários e pensões dignas, pela concretização dos direitos das mulheres, da juventude e das crianças.

As eleições de 6 de outubro são para eleger deputados e não para eleger primeiros-ministros. É por isso que cada deputado eleito pela CDU conta para defender avanços e conquistas, deputados que honram a palavra dada. Quanto mais deputados a CDU eleger mais o país e a vida de cada um avançará.

O que se conquistou nestes últimos anos na melhoria da vida dos trabalhadores e do povo foi por intervenção decisiva da CDU. O que se avançou teve importância. Mas foi insuficiente e aquém do que era necessário e possível.
A opção que está colocada é a de decidir entre avançar no que é preciso fazer pelos direitos dos trabalhadores e do povo, dando mais força à CDU para concretizar uma política alternativa. Ou andar para trás não só no que neste período se repôs e conquistou como em muitas outras matérias, tendo o PS, sozinho ou com o PSD e CDS, as mãos livres para fazer o que sempre fez. O país precisa de outra política, patriótica e de esquerda, que rompa com a política de direita.
Uma política que coloque no centro dos seus objectivos a valorização do trabalho, a recuperação do controlo sobre empresas estratégicas, o aumento do investimento e o incremento da produção nacional, a melhoria dos serviços públicos, desde logo no reforço do Serviço Nacional de Saúde e na Escola Pública e na Segurança Social, uma política de justiça Fiscal.

Medidas urgentes para o país:

  • Aumento geral dos salários e do Salário Mínimo Nacional para 850€;
  • Aumento das pensões e reformas em, pelo menos 40€ na legislatura;
  • Garantia de creche gratuita para todas as crianças que nasçam a partir de 2020;
  • Redução da taxa máxima de IVA de 23% para 21%;
  • Redução do IVA do gás e da electricidade de 23% para 6%;
  • Criação de Plano Nacional de Combate à Precariedade;
  • Reforma por inteiro aos 40 anos de descontos;
  • Eliminação das penalizações na reforma dos trabalhadores que foram obrigados a reformarem-se antecipadamente;
  • Programa integrado para resposta imediata aos problemas da Saúde;
  • Concretização de uma Rede de Cuidados Continuados e Paliativos;
  • Assegurar, em todo o país, a aplicação de passes sociais para os transportes públicos;
  • Reabertura de serviços públicos entretanto encerrados nas zonas de interior e do mundo rural;
  • 1% do Orçamento do Estado para a Cultura.

Para o distrito de Viseu a CDU tem soluções e uma política alternativa presentes nos eixos fundamentais da política patriótica e de esquerda que propõe para o País
10 compromissos com os trabalhadores e cidadãos do distrito de Viseu:

  1. Para a agricultura, defendemos a construção de barragens de regadio, nomeadamente em Moimenta da Beira e Armamar e medidas de discriminação positiva da agricultura familiar. Um matadouro público para Viseu. Uma Casa do Douro ao serviço dos pequenos e médios vinicultores durienses. Apoio às cooperativas como elementos fundamentais de valorização e escoamento da produção e dinamização dos mercados locais. Fixação de preços baixos para adubos, combustíveis, electricidade. Um sistema de seguros agrícolas, com preços reduzidos e uma cobertura de riscos adequada às necessidades dos agricultores. Apoio à produção de carne, de vinhos, de frutos, de azeite, de hortícolas, de mirtilos e à apicultura. Defendemos uma floresta de uso múltiplo e a implementação de um programa de reflorestação das áreas ardidas com espécies autóctones, garantindo o rendimento dos produtores e o apoio aos Conselhos Directivos de Baldios, ao movimento associativo florestal e rural. Defendemos o princípio de que os incêndios de Verão devem ser combatidos no Inverno, com medidas eficazes de prevenção.
  2. Continuaremos a defender os interesses do comércio tradicional contra o domínio avassalador das grandes superfícies e a combater os seus horários desregulados que contribuem também para aumentar a exploração dos trabalhadores. O apoio ao pequeno comércio, na sua actividade e modernização. Para a actividade industrial a CDU propõe a defesa intransigente do tecido produtivo e a produção local. Políticas fiscais e de crédito que apoiem a produção, as micro, pequenas e médias empresas e que favoreçam a fixação de empresas. Defendemos a criação de incentivos à plena ocupação dos Parques Industriais existentes nos diferentes concelhos do distrito.
  3. Defendemos para o Distrito um Plano Integrado de Desenvolvimento Turístico, que tenha em conta todas as riquezas patrimoniais, paisagísticas, etnográficas, gastronómicas e culturais. O apoio e incentivo ao termalismo. Medidas para transformar o turismo fluvial do Douro num elemento de valorização económica das regiões ribeirinhas. Promover a organização e divulgação de rotas e percursos diversificados que permitam fixar os turistas e visitantes por períodos mais largos de tempo. Garantir uma oferta criteriosamente ancorada nas comunidades locais e que fuja ao controlo de interesses financeiros. Elaboração e apresentação à UNESCO de uma candidatura da zona histórica de Viseu a património da humanidade.
  4. Em matéria de transportes e acessibilidades a CDU propõe uma rede que privilegie o transporte público com preços sociais, integrando o nível local, inter-urbano e regional, que coloque como principal objectivo a satisfação das necessidades das populações e que permita superar o isolamento de muitas zonas do Distrito. A revogação imediata do pagamento das portagens na A24 e A25. A duplicação e requalificação urgente do IP3. A ligação da cidade de Viseu à rede ferroviária nacional e o estudo para a reintrodução da linha do Vouga, a total modernização da Linha da Beira Alta. A conclusão do IC12 até à A25, em Mangualde, a concretização do IC26, Trancoso/Lamego, e das ligações à Serra da Estrela, através do IC37 Viseu/Nelas/Seia. A requalificação das Estradas nacionais 225 (V.N.Paiva/Castro Daire/Arouca) 229 (Viseu/Sátão) 222 (Cinfães/Resende/Armamar/S.João da Pesqueira). A conclusão da variante da EN 329 até Moimenta da Beira. A construção de outras vias inter-municipais e de ligação aos eixos principais e requalificação e modernização das estradas secundárias.
  5. Defendemos uma política de juventude onde os jovens tenham a garantia do direito à educação, à cultura, ao desporto, ao associativismo, aos tempos livres, ao trabalho com direitos – o direito ao futuro, à liberdade, à paz e ao progresso social. Políticas de discriminação positiva para os jovens em todas as matérias e apoio sério no Distrito às suas actividades associativas, considerando-as um factor de fixação e dinamização local. O passe social gratuito até aos 16 anos. Acesso ao arrendamento jovem através do Programa Porta 65.
  6. A CDU defende a efectivação dos direitos das mulheres, na lei e na vida, de forma a garantir a sua participação em igualdade, valorizar as suas competências e saberes no plano profissional, social, político, cultural e desportivo. Combate todas as discriminações no domínio do trabalho e no acesso ao SNS. Defende a protecção da saúde sexual e reprodutiva da mulher e a prevenção e combate a todas as formas de violência sobre as mulheres.
  7. A CDU preconiza uma política educativa de defesa intransigente de uma Escola Pública, inclusiva, gratuita, democrática e de qualidade. A promoção de um ensino profissional e de qualidade assente numa rede pública de escolas profissionais. A defesa do direito das crianças e jovens com necessidades educativas especiais a frequentar uma escola pública e com capacidade bastante para a comunidade académica. A colocação de Viseu na rota do ensino superior público, com a criação da Universidade Pública de Viseu, e a defesa da continuação do pólo do IPV em Lamego. Uma rede de creches públicas gratuitas. A ablolição do pagamento das propinas. O alargamento da acção social escolar. Aumento da oferta formativa nas escolas de ensino secundário e criação deste nível de ensino em mais concelhos do Distrito.
  8. Defendemos um Serviço Nacional de Saúde (SNS) universal, geral e gratuito, com reforço de verbas, sem “cativações”, que permitam contratar os profissionais em falta, médicos, enfermeiros e outros profissionais, que assegure a reposição dos equipamentos necessários nas Unidades de Saúde. O alargamento dos horários nos Centros de Saúde. A instalação no Hospital de S. Teotónio do Centro Oncológico e a rápida conclusão da nova zona de Urgências. A atribuição de médico de família e enfermeiros de família a todos os utentes. Reduzir os tempos de espera para consultas e cirurgias.
  9. Com a CDU a água é pública. Como direito humano que é, lutaremos sempre contra a sua privatização. Em defesa do ambiente, preconizamos saneamento básico em todos os concelhos e freguesias do Distrito e a edificação de uma rede de ETAR’s que permita salvaguardar a qualidade dos recursos hídricos e a completa despoluição de cursos de água. Propomos um plano de investimento público eficaz para a recuperação das áreas afectadas pelos incêndios de 2017. Defendemos a remoção do amianto de todos os edifícios públicos, a defesa e protecção da floresta e das áreas da Rede Natura 2000 e a criação de novas áreas protegidas, nas regiões serranas da Freita/Arada, do Montemuro e do Caramulo e nos vales do Paiva, do Dão, do Vouga e do Bestança.
  10. Defendemos uma política urbana que valorize os recursos naturais e os espaços verdes, contra os interesses especulativos, o caos urbanístico, a elevada densidade de construção, respeitando a identidade de cada lugar, promovendo a adequada recuperação habitacional dos núcleos históricos. Defendemos uma política que favoreça os transportes públicos e os transportes não poluentes e que contribua para generalizar uma educação ambiental para a juventude e as populações, baseada no respeito pelo equilíbrio ecológico e assente em valores sociais, económicos e culturais.

Dia 6 de outubro é a vida e o futuro de cada um que se decide, dos seus salários, das suas reformas, do seu direito a constituir família e a ter uma vida digna.
É o voto na CDU que conta para não deixar o PS de mãos livres para praticar a velha política, com ou sem o PSD e o CDS, o voto que decide a sério de uma outra política.

CDU o voto que conta na hora de defender direitos.
O voto em gente séria, que prova todos os dias que não são todos iguais.

 

Eleições Legislativas 2019 – Coligação Democrática Unitária – PCP-PEV (CDU)

As eleições legislativas decorrem no próximo dia 6 de outubro e o ViseuNow esteve com os partidos candidatos pelo Circulo Eleitoral de Viseu. Para a CDU as principais propostas para as próximas eleições são de rutura com as políticas de direita e implicam a valorização do trabalho em primeiro lugar, e depois dos serviços públicos desde a saúde, à educação ou a segurança social. As propostas diretas para o distrito passam pelo melhoramento dos cuidados de saúde, a requalificação do IP3, criação da ligação Viseu à linha féria nacional, construção do Centro Oncológico, a luta pelos trabalhadores e a criação da Universidade Pública de Viseu. O líder do partido no distrito, Miguel Tiago deixa a mensagem final: "Se durante os últimos anos e ao longo das decadas, o distrito de Viseu teve quem o defende-se da Assembleia da Républica, foi o grupo parlamentar do PCP e do Partido Ecologista Os Verdes, e não tinhamos nenhum eleito pelo nosso distrito. O desafio que lançamos é, imaginem o que a CDU pode fazer, se tiver eleitos pelo distrito de Viseu".CDU – Distrito de ViseuSiga-nos ainda em:www.viseunow.ptwww.youtube.com/c/ViseuNowwww.instagram.com/portalviseunow/

Publicado por Portal ViseuNow em Sexta-feira, 27 de setembro de 2019

 

O texto apresentado é da total responsabilidade do partido.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *