Há dois concelhos em Viseu sem registo de casos de COVID-19

14/05/2020 18:23

Os concelhos de São João da Pesqueira e Tarouca não registaram, até ao momento, qualquer caso positivo de infeção pelo novo coronavírus.

Para Manuel Natário Cordeiro, Presidente da Câmara de S. João da Pesqueira isto não quer dizer que a situação não se possa alterar a qualquer momento, mas que as medidas tomadas pelo munícipio ajudaram a este resultado. “Quando acionamos o Plano de Emer­gência Municipal muitos questiona­ram o porquê, mas nós consideramos essencial, as medidas já estavam a ser aplicadas e mantiveram-se as mesmas, mas foi importante para comprometer os restantes elementos da Proteção Civil Municipal, havendo um compro­misso entre todos de agir nos mesmos moldes, havendo um contacto diário entre todos, com a população de uma forma geral e com as entidades nacio­nais. A realização de mais de 500 tes­tes e a sensibilização de todos para os cuidados que deviam ter também tem sido outro fator essencial”, afirma o autarca.

A Câmara Municipal de S. João da Pesqueira tem disponível um serviço gratuito para aquisição de bens ou medicamentos para a população mais vulnerável do concelho. Os transportes municipais, as feiras e a cobrança de água estão suspensos.

Também em Tarouca não se registam casos de infeção por covid-19 e o Presidente da Câmara de Tarouca, Valdemar Pereira, acredita que isto se deve muito à postura dos tarouquenses, que de imediato, acolheram as orientações da Direção Geral de Saúde e as indicações locais.

“Eu penso que é bom dizer que desde muito cedo começamos a fornecer Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) às instituições, nomeadamente aos bombeiros, GNR e ao Centro de Saúde, ao qual quero também deixar o meu agradecimento público. As IP­SS’s também entenderam bem o pro­blema e fizeram um trabalho excelen­te, em coordenação com o município. Acreditamos que estes equipamentos que distribuímos foram essenciais na proteção das pessoas, nomeadamen­te os funcionários e os utentes dos lares. Estes equipamentos foram todos ad­quiridos pelo município. Da parte do Estado não recebemos nada apesar de nos ter sido prometido por diversas entidades como por exemplo a EDP mas que efetivamente nunca chegou. Eu estive sempre em contacto com a senhora diretora regional da Seguran­ça Social que falava diretamente com a ministra mas também por aí nunca nos chegou nada. Apesar disso manti­vemos um fornecimento constante de material às nossas IPSS’s”, conta o autarca à publicação Vivadouro.

Também o Município de Tarouca criou uma linha SOS para as famílias do concelho mais vulneráveis para minimizar os efeitos da pandemia.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *