Vacina da AstraZeneca vai ser suspensa

15/03/2021 20:46

A administração da vacina da AstraZeneca será interrompida, uma vez que o fármaco está a ser avaliado pela Agência Europeia do Medicamento (EMA). A informação foi avançada, esta segunda-feira, por Rui Santos Ivo, presidente do Infarmed, numa conferência conjunta com da Direção-Geral de Saúde, Graça Freitas, e o coordenador da task force, o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo.

Graça Freitas afirmou que não foi identificado nenhum caso em Portugal de reação adversa grave e reforçou que os casos identificados nos outros países são raros, apelando às pessoas que já tomaram a primeira dose da vacina para se manterem tranquilas. Deixou, contudo, um alerta: “gostava que se mantivesse atento e se sentir mau estar persistente, durante alguns dias, sobretudo se esse mau estar for acompanhado de nódoas negra ou de hemorragias cutâneas, não hesite e consulte um médico”.

As vacinas da AstraZeneca estavam destinadas aos professores e aos utentes com mais de 50 anos com comorbilidades até aos 80 anos. Esses utentes serão agora vacinados com as vacinas da Pfizer e da Moderna, adiando por cerca de duas semanas o seu processo de vacinação.

Em Portugal já foram dadas cerca de 400 mil vacinas da AstraZeneca. Cerca de 200 mil irão ser mantidas em armazém, até que haja uma conclusão sobre a sua segurança.

Fonte/foto: SIC

 

 

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *