POLDRA: Quatro Novas Esculturas na Mata do Fontelo

25/09/2020 16:41

A Mata do Fontelo passará a acolher dez obras de escultura pública, mais quatro que no ano anterior. As novas obras serão concebidas pelo português Rui Sanches, o angolano Kiluanji Kia Henda, a britânica Jazmin Charalambous e a dupla Thanasis Ikonomou e Signe Ferguson.

Segundo o comunicado, a apresentação da terceira edição do POLDRA – Public Sculpture Project Viseu decorreu no passado dia 24 de Setembro, no espaço João Dias Studio, “casa” do projeto e local de fabrico das peças.

Neste momento, já é possível observar a construção destas obras de arte pública e adquirir uma perspectiva distinta quanto ao trabalho envolvido na preparação do que, normalmente, só é visível já na sua forma final.

“Estruturas metálicas com mais de três metros acumulam-se junto a uma parede; noutro canto do estúdio peças de madeira recortam-se e elevam-se devagar. O espaço assemelha-se a uma floresta, mas ali crescem volumes e materiais que eventualmente serão convertidos em peças de arte,” refere a nota.

A apresentação contou com a presença do Vereador da Cultura de Viseu, Jorge Sobrado, e do Diretor Artístico do projeto, João Dias, foi dado destaque a uma edição que tem mais “músculo”, dando uso a um orçamento reduzido – proveniente do programa Viseu Cultura, Linha Animar – de forma cada vez mais eficiente, para posicionar Viseu no grupo restrito de cidades que investe e apresenta uma declarada orientação para a Escultura Pública Contemporânea.

“Num ano marcado por contingências derivadas da pandemia, o POLDRA conseguiu ainda assim manter o seu calendário e a criação site-specific de quatro novas obras para a Mata do Fontelo.”

A organização refere que serão apresentadas as obras de Rui Sanches, um dos mais reputados artistas portugueses, e de Kiluanji Kia Henda, artista angolano com presenças na Bienal de Veneza, São Paulo, e reconhecimento em 2017 como vencedor do Frieze Artist Award. Ambos como artistas convidados.

A nota refere ainda que duas outras obras, a integrar este ano, provêm da 2ª Open Call internacional do projeto, que contou com mais de 100 candidaturas. Serão assim instaladas as peças “Carpet of the Rock”, de Jazmin Charalambous (Grã-Bretanha), e “Misplaced Measure” da dupla Signe Ferguson (Estados Unidos da América) e Thanasis Ikonomou (Grécia/Canadá).

No total, o Circuito de Escultura Pública da Mata do Fontelo passará a contar com 10 obras, visitáveis a partir das 18h de dia 09 de Outubro, momento da inauguração do POLDRA 2020.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *