Natal marcado pelo frio. Temperaturas vão descer nos próximos dias

22/12/2020 15:55

Segundo informação disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) no seu ‘site’, até quarta-feira (dia 23) o estado do tempo no continente vai ser influenciado por um anticiclone localizado no interior da Península Ibérica e por uma massa de ar quente e húmido, pelo que estão previstos períodos de muita nebulosidade e alguma chuva, que poderá ser mais intensa no Minho e no Douro Litoral.

Ao longo do dia de quarta-feira, uma superfície frontal fria com passagem nas regiões Norte e Centro levará aguaceiros fracos, acompanhados de uma diminuição da temperatura, até estas áreas, passando depois na região Sul, até à madrugada de quinta-feira.

Até à manhã do dia 24, quinta-feira, ocorrerão neblinas e nevoeiros em alguns locais e o vento soprará fraco a moderado, por vezes forte nas terras altas, mas durante a véspera de Natal “prevê-se uma mudança do estado do tempo, com diminuição da nebulosidade e sem precipitação prevista, devido a um anticiclone a noroeste da Península Ibérica e de uma massa de ar frio e seco”.

“A temperatura irá descer, em especial a mínima, sendo que, de um modo geral, na noite da consoada as mínimas rondarão os 2ºC a 6ºC no litoral norte e centro, 8ºC a 10ºC no litoral sul, -2ºC a 2ºC no interior norte e centro, e entre 3ºC a 6ºC no interior sul. O vento rodará gradualmente para o quadrante leste, intensificando-se no dia 25, o que, associado à descida de temperatura, deverá aumentar o desconforto térmico”, refere o IPMA.

Em algumas zonas do interior norte e centro deverá ocorrer a formação de gelo ou geada.

No fim de semana que se segue ao Natal mantém-se a tendência de descida de temperatura, com um aumento da nebulosidade e possibilidade de chuva no domingo.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *