Município de Tondela apoia freguesias e movimentos associativos com 700 mil euros

10/03/2021 15:41

As juntas e uniões de freguesia e o movimento associativo de Tondela vão receber cerca de 700 mil euros de apoios. A decisão foi tomada pela câmara municipal do concelho.

Desse montante, a maior fatia vai para a União de Freguesias de Mouraz e Vila Nova da Rainha, que vai receber um apoio de 218 mil euros para a execução do edifício multiusos a construir em Vila Nova da Rainha.

Este visa repor as condições para o desenvolvimento associativo nesta união de freguesias, um compromisso que tinha sido assumido após a tragédia de há três anos na Associação de Vila Nova da Rainha, onde um incêndio destruiu o seu edifício. Também a Associação da Gândara, na mesma União de Freguesias, tinha ficado sem instalações, após incêndios de outubro de 2017. Este protocolo vem dar corpo à vontade da população de reerguer o movimento associativo nesta localidade.

Realce para o protocolo de 114 mil euros com a União de Freguesias de S. Miguel do Outeiro e Sabugosa, que visa a requalificação do cais de Sabugosa, a primeira fase do Largo do Calvário em S. Miguel do Outeiro e a requalificação do Parque de Lazer do Fial. Bem como o protocolo com a Junta de Freguesia de Molelos, com um apoio no valor de 80 mil euros para o alargamento do cemitério.

No movimento associativo, realça-se o protocolo com a ACERT, no valor de 90 mil euros, que serve para apoiar atividades relacionadas com a criação e a programação regular.

Foram ainda apoiadas cinco IPSS do concelho, na aquisição de carrinhas para servir o apoio domiciliário, num valor que ultrapassa os 50 mil euros.

Será atribuído um apoio de 50% do valor de cada carrinha à Associação de Solidariedade Social Recreio do Caramulo, Associação de Solidariedade Social Cultural Desportiva do Caselho, Associação de Solidariedade Social Recreativa Desportiva de S. Miguel do Outeiro, Associação Social do Tourigo e Centro Social Paroquial Irmãos Brás de Vilar de Besteiros, minimizando as dificuldades financeiras das IPSS do concelho de Tondela, causadas, entre outros motivos, pela não atualização de acordos com a Segurança Social.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *