Município de Lamego quer acelerar execução de obras públicas

30/04/2020 18:57

O Município de Lamego pretende acelerar a execução dos principais projetos municipais, cujo investimento global ascende a cerca de 14 milhões de euros. “Queremos injetar na economia local este valor, no atual contexto de pandemia. Espero amplo apoio político da Câmara Municipal para iniciar os procedimentos concursais e adjudicar estas obras públicas, a desenvolver sobretudo no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) que tem cofinanciamento europeu garantido”, explica o Presidente Ângelo Moura.

Atualmente encontram-se em andamento as obras da empreitada de recolha, transporte e tratamento de águas residuais na freguesia da Penajóia, bem como a criação do Circuito Pedonal do Relógio do Sol e a requalificação do espaço público do Bairro de Alvoraçães, que representam um valor total de 2 milhões de euros.

A autarquia afirma que existem “outras obras já planeadas e que importa agilizar” de forma a dinamizar a atividade económica local, num momento em que se prepara a reabertura gradual da economia. Em breve serão também iniciados projetos nas áreas da mobilidade e da regeneração urbana: a construção da primeira fase do Parque Urbano de Lamego, a construção de uma passagem inferior desnivelada no Santuário dos Remédios, a requalificação do espaço público do Bairro de Nazes, a requalificação do espaço público Sra. da Guia – Medelo e a regeneração do Largo dos Bancos, entre outras.

Para Ângelo Moura, o início destas obras estruturantes “poderá potenciar negócios noutras áreas e dinamizar o setor do comércio, num momento muito difícil na vida das pessoas”.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *