Tondela despede-se de 2020 com uma derrota

27/12/2020 18:06

O Clube Desportivo de Tondela perdeu, esta tarde, o último jogo oficial de 2020, por 2-0, diante do Nacional da Madeira. Os beirões entraram, praticamente, a perder, já que os insulares inauguraram o marcador aos 35 segundos de jogo. João Vigário cruzou pela esquerda e Rúben Micael, solto de marcação, atirou para o primeiro da tarde.

O Nacional da Madeira esteve perto de dilatar a vantagem, aos 14 minutos, mas Rochez, à boca da baliza, não aproveitou, da melhor forma, um cruzamento da esquerda e atirou ao lado.

Os auriverdes responderam aos 20 minutos, numa rápida jogada de contra-ataque, concluída por Rafael Barbosa, mas o médio beirão atirou ao lado da baliza defendida por Daniel Guimarães. No minuto seguinte, o Tondela esteve, novamente, perto de empatar o jogo, mas Daniel Guimarães negou, com o pé, o golo a Mario Gonzalez.

A situação do Tondela complicou-se, aos 28 minutos, com Bebeto a receber ordem de expulsão, por acumulação de amarelos.

Os beirões não baixaram os braços e aos 40, Jaume Grau esteve perto do golo, mas o remate saiu por cima. Nos minutos finais, da primeira parte, o Tondela dispôs de mais duas oportunidades para marcar, mas ambas sem sucesso. Primeiro foi Salvador Agra a rematar para defesa de Daniel Guimarães e, depois, foi Mario Gonzalez que, na sequência de canto, não conseguiu desviar para a baliza madeirense.

Antes do intervalo, o Nacional criou perigo, por João Camacho, mas Niasse evitou o segundo dos homens da casa.

Na segunda metade, o Nacional foi a primeira equipa a estar perto do golo, mas Riascos acertou mal no esférico, e este saiu pela linha final. O atleta colombiano teve melhor sorte, aos 68 minutos, ao fazer o segundo golo da sua equipa. Após uma primeira defesa de Niasse, o avançado dos alvinegros, não vacilou na recarga, e colocou o marcador em 2-0.

Até ao final, nota para um remate de Murillo, às malhas laterais, da baliza defendida por Daniel Guimarães.

Com esta derrota, o CD Tondela encontra-se, à condição, na 16ª posição da Liga NOS, com nove pontos. Já o Nacional da madeira ascende, provisioriamente, ao oitavo lugar, com 13 pontos.

No próximo dia 3 de janeiro, os tondelenses recebem no João Cardoso, o Famalicão.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *