Município de Viseu vai criar um Centro de Recolha Oficial de animais

01/04/2021 15:55

O Município de Viseu aprovou hoje, 1 de abril, um projeto que visa a construção de um Centro de Recolha Oficial (CRO). O objetivo é dar resposta ao elevado número de animais existentes no concelho e, consequentemente, prevenir situações que coloquem em risco a segurança, higiene e saúde pública, nomeadamente, através da vigilância e contenção de doenças graves que podem ser transmissíveis ao Homem.

Com um investimento que excede os 350 mil euros, com uma comparticipação de 50 mil euros do Estado, o espaço ficará situado junto ao recinto da Feira do Gado, em Rio de Loba. Estima-se e um prazo de 168 dias para a execução do projeto, pronto a lançar a concurso.

O Centro prevê um pavilhão de serviços no qual estão incluídos: enfermaria, sala de esterilização, sala de recobro, sala de limpeza e lavagem de animais, sala de lavagem de material, gabinete médico veterinário, sala de arrumo de equipamento para captura de animais e sala de pessoal e vestiário.  Além disso, contará também com um pavilhão de alojamento de animais, constituído por boxes com capacidade para cerca de 60 a 70 canídeos e felídeos, uma box para outras espécies, caso necessário, três celas destinadas a animais perigosos, duas celas de quarentena e uma cela de maternidade.

João Paulo Gouveia, Vereador das Freguesias e Desenvolvimento Rural, Equipamento Rural e Urbano explica que “o número de animais errantes recolhidos pela autarquia, juntamente com a Associação Cantinho Animais Abandonados de Viseu, já ronda os 800 por ano, o que demonstra bem a necessidade de uma estrutura como o CRO. Trata-se de um espaço fundamental para assegurar o controlo premente dos animais de companhia e prevenir ameaças à saúde pública”.

Saliente-se ainda, que a autarquia viseense celebra, anualmente, um protocolo com Associação Cantinho dos Animais Abandonados de Viseu, com um financiamento de 15 mil euros, atribuído pela DGAV ( Direção-Geral de Alimentação e Veterinária). O apoio permitiu assegurar a esterilização de 327, 367 e 362 animais de companhia em 2018, 2019 e 2020, respetivamente.

Além disso, o município tem vindo a investir em infraestruturas que beneficiam quer os animais, quer os seus donos, como é o exemplo dos três WC próprios para animais, colocados no Parque Aquilino Ribeiro, no Parque Santiago e no Parque Canino da Balsa.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *