Excesso de velocidade e falta de inspeção no topo das infrações dos portugueses

06/03/2021 13:04

Entre 26 de fevereiro e 4 de março, no âmbito das suas operações de prevenção e combate à criminalidade e à sinistralidade rodoviária, bem como de fiscalização de matérias de âmbito contraordenacional, a Guarda Nacional Republicana realizou 283 detenções em flagrante delito, destacando-se: 108 por condução sem habilitação legal; 51 por condução sob o efeito do álcool; 36 por tráfico de estupefacientes; 14 por furto e roubo; e 11 por posse ilegal de armas e arma proibida.

No âmbito das apreensões, o registo foi de: 2 888 doses de cocaína; 1 231 doses de heroína; 750 doses de haxixe; 109 doses de folhas de canábis; 99 selos de LSD; 40 doses de MDMA; 14 armas brancas ou proibidas; oito armas de fogo; 21 veículos; e 3 955 euros em numerário.

Das 9 680 infrações de trânsito detetadas salientam-se: 2 831 excessos de velocidade; 649 por falta de inspeção periódica obrigatória; 579 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução; 471 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças; 399 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização; 393 relacionadas com tacógrafos; 335 por falta de seguro de responsabilidade civil; 182 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *