Portagens vão aumentar cerca de 5% em janeiro

27/12/2022 11:19

As portagens vão aumentar 4,9% a partir de janeiro, anunciou, na passada quinta-feira, o ministro das Infraestruturas, no final do Conselho de Ministros.

“Era para nós claro que um aumento de 9,5% e 10,5% era insuportável, mas também há contratos e responsabilidades (…) e tentámos encontrar uma solução equilibrada que permitisse um aumento menor”, disse o ministro Pedro Nuno Santos.

Assim, a partir de 1 de janeiro, as taxas de portagens terão um aumento de 4,9% a ser suportado pelos utilizadores. Acima deste valor, precisou o governante, “2,8% serão responsabilidade do Estado e o remanescente, até 9,5% ou 10,5%, será suportado pelas concessionárias”.

Esta solução resulta de uma “partilha de responsabilidades” e evita que o preço das taxas das portagens que decorre dos contratos de concessão aumentasse em 9,5% e 10,5% em 2023, devido ao atual contexto de inflação elevada.

O ministro das Infraestruturas estima que o Estado vai gastar cerca de 140 milhões de euros.

“Nos quatro anos seguintes [as concessionárias] podem fazer um aumento 0,1% adicional face à taxa de atualização a que teria direito pela aplicação dos seus contratos. Portanto mais 0,1% nos quatro anos seguintes”, precisou o ministro das Infraestruturas e da Habitação, salientando ser esta “a fórmula em que as concessionárias serão compensadas parcialmente”.

Pelo distrito de Viseu passam a A25 ou Autoestrada das Beiras Litoral e Alta que, numa extensão de 199km, liga a cidade de Aveiro à da Guarda; e a A24 ou Autoestrada do Interior Norte que, ao longo de 162km, coneta Viseu a Chaves.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *