Missão “Ligar Portugal à Diáspora” arrancou em Mangualde com a presença do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas

16/02/2023 09:37

O Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, Paulo Cafôfo, iniciou, esta terça-feira, em Mangualde, a primeira etapa da Missão “Ligar Portugal à Diáspora”, uma iniciativa de valorização e aproximação da diáspora ao país, assente na dinamização do relacionamento com o poder local, as empresas e a sociedade civil. Ao longo dos próximos meses, o SECP  irá percorrer concelhos do interior do país, bem como das Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores

Nesta visita, o governante anunciou a realização do Fórum da Rede de Apoio ao Investimento da Diáspora, que terá lugar em Mangualde e será um local de encontro das estruturas nacionais de apoio ao emigrante. A iniciativa está prevista para o mês de maio ou junho. Paulo Cafôfo teceu, ainda, considerações acerca do trabalho realizado pela autarquia: «A Câmara Municipal tem feito um trabalho extraordinário na ligação, no envolvimento, e na proximidade com os portugueses e portuguesas que residem no estrangeiro. Está a dar frutos e queremos que continue». Acrescentou, ainda, que o Gabinete de Apoio ao Emigrante em Mangualde «é dos mais ativos dos quase 300 que temos a nível nacional».

Marco Almeida, presidente da Câmara Municipal de Mangualde, salientou: «Hoje foi um dia importante, não só porque recebemos um membro do Governo, mas também porque foi possível partilharmos algumas das nossas preocupações, no sentido de encontrar soluções». O edil demonstrou-se satisfeito em termos de projetos futuros a serem realizados no município, ligados ao setor do património e da cultura, que, ao serem concretizados, vão catapultar Mangualde.

O Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, Paulo Cafôfo, anunciou, ainda, que estão a ser avaliadas para Mangualde perspetivas de investimento público em infraestruturas culturais de memória histórica e da cultura, no âmbito da diáspora. No âmbito da passagem pela região, o Secretário de Estado teve também a oportunidade de contactar com empresários que residiram no estrangeiro e que decidiram investir no concelho.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *