Funcionário da Câmara de Nelas é um dos cinco infetados com Covid-19 no concelho

26/03/2020 16:48

O Município de Nelas confirmou ao início da tarde desta quinta-feira, que um dos cinco casos positivos neste concelho é o de Luís Pinheiro, coordenador das áreas de educação, social e cultural.

Ao Portal ViseuNow, Luís Pinheiro explicou que a sua esposa “começou a sentir dores no peito, e na passada segunda-feira (23 de março), depois de contactar a Linha de Saúde 24”, foi-lhes pedido que se deslocassem ao Hospital de Viseu para fazerem a despistagem. Um dia depois, e já feito o teste de Covid-19, ligaram a informar que o seu teste tinha dado positivo e o da esposa negativo.

Luís Pinheiro garante estar bem: “não tenho qualquer sintoma associado. Encontro-me em isolamento no meu próprio quarto, com acesso restrito a WC, e estou a ser devidamente auxiliado pela minha esposa”.

O funcionário em causa confirmou ainda que esteve em Espanha entre os dias 5 e 8 de março, e “nessa altura ainda não tinham sido fechadas as escolas, e tanto em Espanha, como em Portugal, não se falava com preocupação deste caso. Desse modo, continuei a trabalhar dentro da normalidade, até porque tenho sob a minha responsabilidade a área de ação social, e nesta altura há pessoas a precisarem de ajuda”. Luís Pinheiro acrescentou que durante as últimas semanas fez grande parte do seu trabalho por telefone, e “muitos dos colaboradores do município estão a trabalhar em teletrabalho”. O coordenador das áreas de educação, social e cultural, disse ainda que em “todos os contactos presenciais” que fez, guardou “a devida distância”, e é com “tristeza que vejo algumas pessoas a aproveitarem-se politicamente do caso”.

No comunicado publicado esta tarde pela autarquia de Nelas, pode ler-se que Luís Pinheiro “não comparece nas instalações da Câmara Municipal desde(…) terça-feira”, e que “nunca o mesmo participou ou esteve presente em qualquer reunião de Câmara, incluindo a realizada ontem, dia 25 de março”.

O executivo adianta ainda que desde o seu regresso de Espanha, o funcionário em questão participou “em quatro reuniões (…) com outros colaboradores da Câmara Municipal, relacionadas com o acompanhamento do Plano de Contingência para prevenção do Coronavírus (Covid-19) e numa reunião dos Presidentes das Juntas de Freguesia com o Presidente da Câmara, tendo sido seguido, em todas as reuniões, o protocolo de distanciamento conveniente, e consequente ausência de contacto pessoal próximo, ficando as presenças devidamente assinaladas em folha de presenças, documentos estes que ontem mesmo foram enviados à autoridade de saúde pública”, e “nunca participou em qualquer reunião relacionada com a Proteção Civil Municipal”, pelo que nunca contactou ou esteve “reunido com os Bombeiros, a GNR, os representantes das Unidades de Saúde Familiar ou os delegados de saúde pública”.

Esta nota esclarece que “todas as pessoas que estiveram em contacto, nas referidas reuniões, com o Professor Luís Pinheiro (…) ficariam em quarentena, ou seja, num período de isolamento profilático de 14 dias, para prevenção e minimização de qualquer outra eventual transmissão”.

Face à situação, o edifício da Câmara Municipal e o edifício Multiusos “foram encerrados no dia de hoje e de amanhã para reforço das medidas de limpeza e desinfeção”.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *