COVID-19: Perto de 28 mil profissionais de saúde foram infetados e 19 morreram em Portugal

01/03/2021 17:36

Em Portugal, desde o inicio da pandemia da COVID-19, perto de 28 mil profissionais de saúde ficaram infetados com o vírus SARS-CoV-2, dos quais 19 morreram e mais de 16 mil recuperaram, segundo dados hoje divulgados da DGS.

O maior número de mortes foi registado no passado mês de fevereiro (nove), seguido do mês de janeiro, com seis óbitos de profissionais de saúde.

Os meses de abril, junho, julho e dezembro registaram uma morte cada um, adianta a DGS. Estes dados são obtidos através do cruzamento da notificação médica no SINAVE (quando apenas se registou que eram profissionais de saúde) e no Trace Covid-19, com a base de dados do SICO (Sistema de Informação dos Certificados de Óbito).

Relativamente ao número de profissionais infetados, os dados apontam que, desde o início da pandemia até 26 de fevereiro, totalizaram 27.973, a maioria assistentes operacionais (8.732), seguidos dos enfermeiros (7.357).

Houve ainda 4.022 profissionais, com categorias não especificadas nos dados, que tiveram a infeção, bem como 3.454 médicos, 1.743 assistentes técnicos, 1.251 técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica, 612 farmacêutico, 552 técnicos superiores de saúde e 250 técnicos superiores.

Entre os profissionais que faleceram, estavam três médicos, um enfermeiro, um técnico superior de diagnóstico, dois auxiliares de saúde, um auxiliar de enfermagem, dois administrativos, um colaborador de Estrutura Residencial para Idosos (ERPI), um bombeiro e sete com categoria desconhecida.

//Lusa e redação//

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *