“Clubes resultadistas” e “pais fanáticos” continuam a contribuir para o aumento da taxa de abandono da prática desportiva

21/03/2023 15:54

O Sport Viseu e Benfica realizou, esta segunda-feira, no Auditório do Instituto Politécnico de Viseu, uma ação sobre “Ética no Desporto”, dinamizada por Vítor Santos, Embaixador do Plano Nacional de Ética no Desporto e ex-atleta e treinador do clube. Partilharam-se boas e más práticas provocando uma reflexão junto dos progenitores sobre o melhoramento dos comportamentos e relações com todos os agentes desportivos.

“Ética e os degraus da formação: acompanhamento”foi tema base para a reflexão e discussão dos comportamentos da família enquanto pais e mães do desporto na gestão desportiva dos filhos. As expetativas criadas às crianças são quase sempre exageradas e a pressão exercida leva a um abandono precoce. 

Para o palestrante: “Os pais fanáticos não são adeptos dos clubes em que os filhos jogam, mas apenas fãs do seu filho, e, assim, apenas ele interessa numa espécie de atleta de uma modalidade individual dentro de uma que é coletiva. Perturbam o desempenho do filho e o funcionamento da equipa.” A taxa de abandono da prática desportiva continua a ser muito elevada por causa da pressão parental e dos clubes/treinadores que são resultadistas.

Vitor Santos lamentou “a falta de respeito e a facilidade com que se ofende o outro. Falta-se ao respeito por tudo e por nada e estes comportamentos estão normalmente associados a comentários depreciativos e provocadores dirigidos aos atletas (próprios e oponentes), treinadores (próprios e oponentes), outros pais (próprios e oponentes) e árbitros. Muito triste.”

O Sport Viseu e Benfica vai comemorar 100 anos e é um clube histórico na formação do desporto na região. O palestrante lançou o desafio aos pais e encarregados de educação do compromisso de uma nova fase sobre o desígnio “O QUE OS PAIS do SPORT VISEU E BENFICA NUNCA + VÃO FAZER”. Este desafio é extensivo a todos os agentes desportivos do clube: dirigentes, treinadores, fisioterapeutas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *